WhatsApp
Facebook
Secretaria De Saúde Confirma Mais Três Mortes Por Dengue No Paraná

Nesta terça-feira (23), a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) divulgou uma atualização do boletim epidemiológico da dengue, registrando mais 3.911 casos positivos e três mortes. O Estado soma agora quatro óbitos e 16.693 casos confirmados da doença. O período epidemiológico começou em julho de 2023 e se estende até o final de julho deste ano.

Os óbitos ocorreram em Mariluz (uma mulher de 39 anos), Cambé (um homem de 82 anos) e Cornélio Procópio (um homem de 58 anos), sem comorbidades. Outros 14 óbitos estão em investigação desde o início de janeiro em municípios como Apucarana, Planaltina do Paraná, Cambira, Cambé, Paranavaí, Sarandi, Quedas do Iguaçu e Mandaguari.

As 22 Regionais de Saúde apresentam casos confirmados, sendo que, dos 399 municípios, 279 possuem casos confirmados. São 14.784 casos autóctones, adquiridos no próprio município de residência dos infectados. O Estado descartou 31.378 casos suspeitos.

Quanto à chikungunya, transmitida pelo mesmo mosquito, não houve confirmação de casos de zika no período, com 50 notificações e nenhum caso ou óbito confirmado. Foram registrados três novos casos de chikungunya, totalizando 47 confirmações da doença no Estado, sendo 38 autóctones e quatro importados, com 415 notificações desde o início do período sazonal.

A Sesa realizou uma capacitação nesta terça-feira (23) sobre manejo clínico, focando na hidratação e condução de pacientes com suspeita de dengue. O evento contou com a participação de profissionais da urgência e emergência das Unidades de Pronto Atendimento e coordenadores das Centrais de Leitos dos 399 municípios.

A diretora de Atenção e Vigilância em Saúde da Sesa, Maria Goretti David Lopes, destacou a importância da mobilização de todos os profissionais de saúde para enfrentar a dengue. O secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, ressaltou a necessidade de uma força-tarefa junto à população para eliminar criadouros do mosquito Aedes aegypti, reforçando a união de esforços em todo o Estado.

Foto: SESA-PR

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook