WhatsApp
Facebook
Quatro Barras promove ações de conscientização para combate ao feminicídio

Durante todo o mês de julho, a cidade de Quatro Barras está promovendo diversas ações para conscientizar e combater o feminicídio, crime que afeta mulheres em todo o país. As atividades são uma iniciativa conjunta da Secretaria da Mulher e dos Direitos Humanos e da Procuradoria da Mulher, com o apoio da Guarda Municipal.

No último dia 7, uma blitz foi realizada no centro da cidade, onde equipes conversaram com a população, orientando e conscientizando sobre o tema. As blitz também estão ocorrendo em outros bairros ao longo do mês, com ações previstas para a área rural e em outras praças da cidade.

Durante essas ações, além das orientações, panfletos estão sendo distribuídos, contendo informações sobre como agir diante de casos de violência, bem como explicações sobre o ciclo de violência doméstica contra as mulheres.

Ieda Tolardo, secretária da pasta, enfatizou a importância dessas mobilizações para conscientizar a comunidade e orientar sobre como agir diante de situações de violência. Ela destacou a necessidade de agir precocemente para interromper esse ciclo antes que aconteçam tragédias.

Além das blitz, outra ação marcada para este mês é uma palestra na quinta-feira (20), ministrada por Goretti Bussolo, fundadora do Instituto “Todas Marias” e representante da Casa Civil, em alusão ao Dia Estadual de Combate ao Feminicídio. A palestra será aberta à população e acontecerá na Câmara Municipal de Quatro Barras, a partir das 14h.

O que é feminicídio

O feminicídio é um crime que ocorre quando uma mulher é assassinada em decorrência de violência doméstica ou menosprezo à sua condição de mulher. A Lei 13.104/2015 o classificou como crime hediondo, com penas que variam de 12 a 30 anos.

Nesses casos, é fundamental que todas as ocorrências sejam denunciadas. Para isso, existem canais de atendimento disponíveis, como o Disque 180, a Central de Atendimento à Mulher; o Disque 181, para denúncias; o Disque 190, da Polícia Militar; o Disque 153, da Guarda Municipal de Quatro Barras; e a Polícia Civil da cidade.

As ações promovidas pela Secretaria da Mulher e dos Direitos Humanos e a Procuradoria da Mulher são de extrema importância para conscientizar a sociedade sobre o feminicídio e mobilizar a comunidade para prevenir esse tipo de crime.

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook