WhatsApp
Facebook
Primeiro Emplacamento 100% Online traz facilidade e economia para proprietários de veículos

Proprietários de veículos no Paraná agora contam com uma nova facilidade: o primeiro emplacamento pode ser realizado de forma totalmente online, através do computador ou celular. O Primeiro Emplacamento Digital foi anunciado nesta terça-feira (20) pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior e pelo diretor-presidente do Detran-PR, Adriano Furtado. Além da praticidade, a iniciativa traz uma redução de 17% no valor do emplacamento, resultando em mais economia para os cidadãos.

Essa iniciativa pioneira no Brasil simplifica a emissão dos documentos e a autorização para a estampagem de placas de veículos novos. “Seremos o primeiro estado a ter o emplacamento digital de veículos, para facilitar a vida de quem compra um carro. O serviço pode ser feito em menos de 15 minutos e traz uma nova experiência para o cidadão. O processo acontece todo online, do celular, sem sair de casa, com a facilidade na palma da mão”, explicou Ratinho Junior.

Com a dispensa da vistoria, os cidadãos economizam R$ 52,10 no serviço, além do tempo e deslocamentos até o órgão. Os valores de emplacamento variam de acordo com o tipo de aquisição, sendo R$ 308,81 com gravame (financiado) e R$ 252,64 sem gravame (à vista).

Por meio do aplicativo Detran Inteligente, os usuários têm acesso à carteira de motorista digital, aos documentos do veículo e, agora, também podem realizar o emplacamento de seus veículos. O governo está comprometido em tornar os serviços prestados pelo Detran cada vez mais rápidos, fáceis e acessíveis, afirmou o governador.

O diretor-presidente do Detran-PR explicou que o Primeiro Emplacamento Digital faz parte de uma série de inovações implementadas pelo órgão. Atualmente, 81 serviços podem ser realizados de forma digital pelos proprietários e condutores, através do portal e do aplicativo Detran Inteligente. “Agora, o primeiro emplacamento pode ser feito diretamente de casa ou escritório, em qualquer horário, de forma muito simples, rápida e econômica”, destacou Furtado.

Para realizar o processo, no momento da compra do veículo, é emitida a Nota Fiscal Eletrônica (NFe). O cidadão inicia o processo online no portal do Detran-PR ou no aplicativo Detran Inteligente, fornecendo as informações da NFe, documento de identificação e foto com o documento de identificação.

Se as informações estiverem corretas, uma notificação é enviada por e-mail contendo a liberação da guia para emissão no site do Detran-PR. Após o pagamento, é liberada a autorização de estampagem de placa, o CRLV-e (documento para circulação) e o código de segurança. O proprietário pode então buscar uma estampadora de placa credenciada pelo Detran-PR.

Anteriormente, o processo era presencial, envolvendo a compra do veículo, emissão da Nota Fiscal Eletrônica (NFe), vistoria com registro de imagens do veículo, agendamento de atendimento presencial no Detran-PR, montagem do processo, conferência de documentos e emissão da guia de pagamento. Somente após a conclusão do processo era autorizada a estampagem da placa, emissão do CRLV-e e do código de segurança, seja de forma presencial ou online.

Essa novidade se aplica ao emplacamento de automóveis, motocicletas, ciclomotores, motonetas, utilitários, camionetas e caminhonetes zero-quilômetro. Veículos maiores, como ônibus e caminhões, ainda necessitam passar pela vistoria em despachantes ou unidades do Detran-PR.

Além do Primeiro Emplacamento Digital, a atual gestão do Detran-PR está implementando outras inovações, como o uso de Inteligência Artificial (IA) para análise de processos, agilizando o serviço. A IA mapeará os padrões e emitirá alertas caso algo não atenda aos requisitos esperados, eliminando a necessidade de conferência humana em todos os processos.

O uso de Inteligência Artificial também facilitará a implantação de políticas públicas de trânsito, fornecendo informações mais precisas para identificar as principais necessidades. Será possível, por exemplo, mapear as regiões do Paraná com maior número de acidentes de trânsito e identificar o Centro de Formação de Condutores onde o motorista obteve sua carteira, entre outras ações que ajudarão o órgão a atuar de forma mais direcionada.

Outra novidade é o pagamento do licenciamento de veículos utilizando o PIX, o que permitirá a liberação instantânea do CRLV-e, mesmo com multas pendentes, além de reduzir os custos para os proprietários com a diminuição das tarifas bancárias.

Além disso, os examinadores do Detran-PR agora contam com o aplicativo Prático Digital, exclusivo para os exames práticos de direção em todas as categorias de CNH. O aplicativo substitui as pautas físicas, proporcionando mais agilidade e segurança no processo de emissão da CNH.

Foto: Roberto Dziura Jr / AEN.

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook