WhatsApp
Facebook

Para dois policiais militares pertecentes ao 29ª BPM, a escala de trabalho da última quinta-feira (9) jamais será esquecida. Por volta das 19h30, enquanto o soldado Machado e o soldado Castro faziam policiamento base, na Avenida Dom Pedro II, no centro de Quatro Barras, eles foram abordados por um homem que pediu ajuda à uma criança, de oito anos, que havia se engasgado com alimento.

O homem informou que a menor encontrava-se no interior de uma loja de eletrodomésticos, próximo de onde os policiais estavam. Imediatamente, os dois PMs se deslocaram até o local e nele se depararam o secretário Municipal de Saúde, Dr. Caio Luiz Sbrissia Tolardo – no qual é médico – e prestava os primeiros atendimentos de desobstrução das vias respiratórias da menor.

Uma avaliação minuciosa no quadro de saúde da criança feita pelo médico e pelos PMs, foi constatado que ela ainda tinha dificuldade para respirar e achou-se por bem encaminhá-la – com urgência – até a Unidade de Pronto Atendimento mais próxima, no caso a UPA 24 Horas do município.

A menina, sob os cuidados da mãe, foi então colocada na viatura policial e levada até a unidade médica, onde foi prontamente atendida. Os policiais utilizaram a sirene e sinais luminosos da viatura para abrir o caminho até a chegada na Unidade de Pronto Atendimento. Ao chegar na UPA, a criança já apresentava melhora em sua condição respiratória. Por precaução, a menina ficou em observação, foi colocada no oxigêncio e passou exames complementares, sendo liberada na sequência.

A mãe justificou que a filha sofre com um tumor celebral e que ela teria se engasgado com um pedaço de pão. Ela agradeceu o empenho tanto do médico, que também acompanhou de perto o desenrolar da situação – inclusive na UPA – quanto dos policiais que ajudaram no descolocamento da filha.

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook