WhatsApp
Facebook
Pinhais recebe evento de capacitação do programa de bolsas de ostomias do Comesp

Pinhais mais uma vez sediou uma capacitação sobre o Programa Bolsas de Ostomias do Consórcio Metropolitano de Saúde do Paraná (Comesp), reunindo mais de 400 profissionais dos municípios consorciados no auditório do Cenforpe, na quarta-feira (1º).

O programa tem como objetivo apoiar a assistência especializada, de natureza interdisciplinar, a pessoas com estoma, cuidadores e familiares, garantindo o acesso a equipamentos coletores e adjuvantes de proteção e segurança de alta tecnologia. Isso proporciona uma melhor qualidade de vida e atendimento humanizado.

A 6ª capacitação do Programa Bolsas de Ostomias contou com palestras de especialistas em estomaterapia e enfermagem oncológica, bem como aulas práticas com empresas parceiras. A abertura do evento contou com a presença da prefeita de Pinhais, Rosa Maria, e outros representantes do setor de saúde.

A secretária de Saúde de Pinhais, Adriane Carvalho, destaca que o aprendizado constante é parte do trabalho desenvolvido para o atendimento adequado a esses pacientes: “A atualização na Saúde é diária, e o aprendizado deve acompanhar o que representa uma inovação tecnológica, uma nova demanda, novos produtos no mercado, uma nova técnica de cuidado. Precisamos o tempo todo estar aperfeiçoando essa política pública. Para vários pacientes o que representa o cuidado, o olhar do profissional na ponta, às vezes, inclusive, é a condição de voltar a uma vida que até então era reclusa, e nós oportunizamos cidadania, porque a Saúde também tem como compromisso cuidar e cuidar bem.”

A prefeita Rosa Maria agradeceu a todos os participantes da capacitação, mais uma vez realizada em Pinhais. “Estamos muito felizes de sediar um evento tão importante, onde as pessoas aprenderão, aperfeiçoarão sua forma de cuidado, para melhorar a vida daqueles que precisam. O consórcio tem feito a diferença para os municípios, e a Saúde precisa todo dia, cada vez mais, dessa humanização para melhor atender aquela pessoa que se encontra em uma situação temporária ou permanente. Precisamos buscar os investimentos, buscar as formas e as metodologias para levar mais conforto possível às pessoas, mais qualidade de vida e dignidade aos usuários desse serviço”, declarou.

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook