WhatsApp
Facebook

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) concluiu o segundo mês do curso de formação de policiais civis ministrado na Escola Superior de Polícia Civil (ESPC). Nesta etapa, os 425 alunos assistiram aulas de criminologia, direito penal aplicado à policia judiciária, operação policial e treinamento de tiro. A formatura dos futuros policiais acontecerá em dezembro deste ano. 

O quadro de ensino da ESPC está dividido em seis áreas temáticas, que vão de investigação até formação humanista e cultura geral. Ao todo, serão 1.100 horas/aula de ensino teórico e prático. O quadro de ensino faz parte da nova matriz curricular, que tem o objetivo de trazer melhorias na formação de conhecimento dos policiais e auxiliar na visão de plano de carreira, visto que o servidor passa a visualizar quais áreas temáticas de formação e aperfeiçoamento tem disponível para se especializar.

Os novos policiais civis sairão da escola com a formação técnico-profissional de carreira policial, prontos para reforçarem o efetivo em todo o Estado.

DOCENTES – Diferente dos anos anteriores, em que os docentes eram convidados, agora os professores passaram por um processo seletivo para fazer parte da equipe docente. Esta mudança resulta em mais transparência e qualidade da habilitação. Além disso, a formação acadêmica dos lecionadores garante que o processo de formação dos policiais civis possua mais tecnicidade e aproveitamento.

CONTRATAÇÃO HISTÓRICA – A turma com formação em andamento faz parte de uma contratação histórica. Em 2022 foi homologada uma contratação histórica de novos servidores para a PCPR. Ao todo são 150 delegados, 200 investigadores, 50 papiloscopistas e 25 escrivães.

PLANO ESTRATÉGICO – A contratação e a formação dos futuros servidores faz parte do Plano Estratégico 2019-2023 instituído pela gestão atual. A medida busca trazer melhorias tanto para os policiais civis como para a sociedade, já que traça metas específicas a serem atingidas.

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook