WhatsApp
Facebook
Paraná Rosa conclui com anúncio de edital de pesquisa voltado a mulheres com câncer de mama

A primeira-dama do Paraná, Luciana Saito Massa, encerrou o evento “Paraná Rosa 2023” nesta terça-feira, dia 31, no Palácio Iguaçu, com a participação de mais de 700 mulheres. O objetivo do evento, realizado anualmente no mês de outubro (este ano com antecipação para setembro), é fornecer informações sobre cuidados de saúde e acesso a exames para a detecção precoce de câncer de mama e câncer de colo do útero em todos os municípios paranaenses.

Como parte das atividades do “Paraná Rosa”, foi lançado o edital “Pesquisa Básica e Aplicada – Edição Outubro Rosa” pela Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (SETI). Essa iniciativa visa incentivar a produção de pesquisadoras que foram diagnosticadas com câncer de mama e estão associadas a Instituições Científicas e Tecnológicas (ICT) do Paraná. É a primeira ação desse tipo no país.

Durante o evento, foram homenageadas servidoras estaduais que superaram o câncer e servem de exemplo para outras mulheres com o mesmo diagnóstico. Além disso, foram distribuídos brindes para as servidoras e criado um espaço “instagramável” para a ocasião.

O edital tem como objetivo apoiar o desenvolvimento de pesquisas científicas, tecnológicas e inovadoras em cinco áreas prioritárias: agricultura e agronegócio; biotecnologia e saúde; energias inteligentes; cidades inteligentes; educação, sociedade e economia, além de duas áreas transversais: desenvolvimento sustentável e transformação digital. Esse programa é direcionado apenas para pesquisadoras diagnosticadas com câncer de mama.

O secretário da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Aldo Bona, explicou que a iniciativa visa manter a competitividade das mulheres na pesquisa científica, considerando que o tratamento do câncer de mama pode afetar significativamente a capacidade de trabalho e produtividade das pesquisadoras. A ideia é oferecer apoio a pessoas que superaram o câncer de mama, permitindo que retomem suas atividades acadêmicas e pesquisas.

Serão disponibilizados R$ 2 milhões para o edital, com projetos podendo receber até R$ 100 mil. Os recursos serão usados para conceder bolsas de auxílio a estudantes de graduação, profissionais graduados e aquisição de materiais para pesquisas e suporte a deslocamentos. As inscrições estão abertas até o dia 30 de novembro.

Foto: Roberto Dziura Jr / AEN

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook