WhatsApp
Facebook
Imagem de destaque - Paraná registra 107 mil novos empregos em 78% das cidades nos últimos 12 meses

No período de março de 2023 a fevereiro de 2024, o Paraná gerou um total de 107.805 novas vagas de emprego, apresentando o melhor resultado na região Sul do país, ficando atrás apenas de São Paulo (435.164), Rio de Janeiro (164.185) e Minas Gerais (160.738). Os dados foram divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego.

Esse aumento contribuiu significativamente para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) estadual em 2023, com um crescimento de 5,8%, e reflete a expansão da economia em diversas cidades. Segundo o Caged, 311 municípios paranaenses, representando 78% do total de 399, apresentaram crescimento no mercado de trabalho nesse período. Um exemplo é Flor da Serra do Sul, onde o número de contratações igualou o de desligamentos, enquanto outras 87 cidades registraram saldo negativo.

Curitiba liderou as contratações, com a abertura de 22.682 vagas. Além disso, outras cidades como Londrina (7.243), Maringá (6.465), São José dos Pinhais (5.956), Ponta Grossa (4.459) e Foz do Iguaçu (2.887) também se destacaram no aumento do emprego.

No primeiro bimestre de 2024, o estado registrou a criação de 52.091 novas vagas com carteira assinada, posicionando-se como o terceiro melhor saldo do país no período. Janeiro contou com 19.048 novas vagas, enquanto fevereiro apresentou 33.043 postos abertos, o melhor resultado para o mês em três anos. O Paraná ficou atrás apenas de São Paulo (137.498) e Santa Catarina (52.193), superando estados mais populosos como Minas Gerais (47.538) e Rio de Janeiro (18.624).

Esses dados refletem um crescimento positivo no mercado de trabalho, com 303 dos 399 municípios paranaenses apresentando saldo positivo na abertura de vagas no bimestre. Curitiba liderou novamente, com 17.768 novos postos de trabalho, seguida por outras cidades como Londrina (3.081), Maringá (2.706), Cascavel (2.001) e Araucária (1.557).

Com esses resultados favoráveis, o Paraná atinge um estoque de 3.143.492 trabalhadores com carteira assinada, indicando um bom momento econômico no estado, como destacou o governador Carlos Massa Ratinho Junior, ressaltando que esse crescimento impacta positivamente na qualidade de vida dos paranaenses.

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook