WhatsApp
Facebook
Paraná aprimora e ultrapassa indicadores nacionais de imunização em 2023, conforme dados do Ministério da Saúde

O Ministério da Saúde apresentou nesta quarta-feira (20) uma análise preliminar das coberturas vacinais referentes ao calendário de vacinação de 2023.

Os dados indicam que o Paraná superou as médias nacionais de imunização, garantindo proteção a bebês, crianças e gestantes.

No âmbito nacional, a vacina BCG alcançou uma cobertura de 67,21%. No Paraná, esse índice foi superior, atingindo 85,8%, proporcionando uma proteção mais eficaz contra a tuberculose, especialmente em formas mais graves. A vacina contra a Hepatite B também ampliou sua abrangência, alcançando 67,9% de cobertura neste ano, sete pontos percentuais acima da média nacional. Na vacina Tríplice Viral, contra sarampo, caxumba e rubéola, a cobertura no Brasil foi de 85,95%, enquanto no Paraná atingiu 95,04%.

A vacinação contra a Febre Amarela, crucial para quem visita áreas de risco, atingiu uma cobertura de 79,33% no Estado, superando a média nacional em 12 pontos percentuais.

Campanha

Um destaque significativo do ano foi a realização da Campanha de Multivacinação, ocorrida entre 14 e 28 de outubro. Com uma meta inicial de 250 mil aplicações entre vacinas de rotina e imunizantes contra a Covid-19, a marca alcançada foi de 502,3 mil doses aplicadas no período. No Dia D, realizado em 21 de outubro, foram registradas 125 mil vacinações, com especial destaque para a vacina HPV, que totalizou 65.601 aplicações.

Confira a finalidade das principais vacinas oferecidas no Paraná:

  • BCG: protege contra formas graves de tuberculose
  • Pentavalente: contra difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e Haemophilus influenzae tipo B (bactéria causadora de meningite)
  • Pneumocócica 10-valente: contra pneumococo, bactéria causadora de pneumonia e meningite
  • Meningocócica C: contra a meningococo C, bactéria causadora de meningite
  • Rotavírus: contra diarreia e desidratação
  • VIP: contra os sorotipos 1, 2 e 3 da poliomielite
  • VOPb: protege contra os sorotipos 1 e 3 da poliomielite
  • Dupla Adulto (dT): contra difteria e tétano
  • Tríplice Viral: protege contra sarampo, caxumba e rubéola
  • Tríplice Bacteriana (DTP): protege contra difteria, tétano e coqueluche
  • dTpa: administrada em gestantes e protege contra difteria, tétano e coqueluche
  • Varicela: contra catapora
  • HPV: protege contra quatro tipos de papilomavírus humano, sendo dois deles responsáveis por 90% das verrugas genitais e os outros dois por cerca de 70% dos casos de câncer de colo do útero
  • Febre Amarela: protege contra a febre amarela e é recomendada para pessoas que se deslocam para áreas fora do Paraná, com indicação de vacinação.
WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook