WhatsApp
Facebook

O programa Viver Mais Paraná está em andamento, com oito projetos em construção em diversas cidades do estado, incluindo Irati, Telêmaco Borba, Cascavel, Ponta Grossa, Francisco Beltrão, Arapongas, Campo Mourão e Guarapuava. O investimento totaliza R$ 43 milhões, com previsão de conclusão até o início de 2025.

Esses empreendimentos fazem parte de uma estratégia mais ampla de entrega de 35 projetos, totalizando 1 400 unidades habitacionais, até o final de 2026. O investimento global será de cerca de R$ 244 milhões, provenientes do Tesouro do Estado e da transformação da Copel em corporação.

Atualmente, nove condomínios estão em fase de licitação, enquanto quatro foram concluídos. Além disso, outros 14 residenciais estão em fase de projeto, abrangendo diversas cidades como Maringá, Toledo, Loanda, Astorga, entre outras.

O programa foi desenvolvido como resposta ao envelhecimento da população paranaense, buscando melhorar a qualidade de vida dos idosos de baixa renda. Gerenciados pela Cohapar, esses empreendimentos promovem o acompanhamento periódico da saúde e assistência social, incentivam atividades físicas, culturais e de lazer, visando a um envelhecimento mais saudável e feliz.

O presidente da Cohapar, Jorge Lange, destaca a importância do Viver Mais como uma solução para pessoas idosas que não conseguem mais obter financiamento habitacional devido à idade. Ele ressalta a inovação do programa, que busca atrair novas fontes de recursos para expandir o número de unidades disponíveis.

Os projetos seguem critérios específicos e são destinados a casais ou idosos solteiros com idade a partir de 60 anos e renda de até seis salários mínimos. Cada condomínio conta com 40 moradias, além de espaços comuns para atendimento na área de saúde e assistência social, lazer e convívio.

Os relatos dos beneficiários destacam a transformação positiva em suas vidas, como o caso de Benedita Lopes Santos, do Condomínio do Idoso de Jaguariaíva, que descreve sua nova moradia como um “palácio”. Laurindo Marinho, também beneficiário em Jaguariaíva, elogia a tranquilidade do ambiente e a cooperação entre os moradores.

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook