WhatsApp
Facebook
Paraná alcança a segunda posição em prêmio nacional de turismo sustentável

O projeto Parques Paraná, do Instituto Água e Terra (IAT), conquistou o 2º lugar no Prêmio Nacional do Turismo 2023, na categoria Valorização do Patrimônio Natural no Turismo. A premiação, realizada pelo governo federal, ocorreu em Brasília (DF) no último sábado (16). Na cerimônia, a diretora técnica da Secretaria de Estado do Turismo (Setu), Deise Bezerra, representou o órgão ambiental. O projeto tem como foco o desenvolvimento sustentável e socioeconômico, com ênfase no fomento do uso público e turismo nas Unidades de Conservação (UCs) do Estado.

O Parques Paraná, atualmente administrado pelo IAT, gerencia 72 UCs, sendo 28 parques estaduais abertos à visitação, como a Ilha do Mel em Paranaguá, Vila Velha em Ponta Grossa e o Parque do Monge na Lapa. Dividido em quatro linhas, o projeto abrange Uso Público e Turismo, Paraná Aventura, Parque Escola e Voluntariado. O objetivo é integrar a população, modernizar a gestão, promover o convívio consciente com o meio ambiente e incentivar a conservação e educação ambiental ativa.

O diretor-presidente em exercício do IAT, José Luiz Scroccaro, destacou a importância da conquista, ressaltando que o projeto de desenvolvimento sustentável do governo do Paraná, liderado pelo governador Ratinho Junior, é referência para o país.

O Prêmio Nacional do Turismo 2023, cujo tema foi “o turismo transformando vidas”, é promovido pelo Ministério do Turismo desde 2018. Reconhecida como a principal premiação do turismo brasileiro, tem como propósito identificar, estimular e disseminar práticas bem-sucedidas no turismo nacional, valorizando profissionais que contribuíram de maneira criativa, inovadora e proativa para o desenvolvimento do setor no país. A premiação possui caráter simbólico, sem valor comercial ou financeiro.

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook