WhatsApp
Facebook

Três trabalhadores paraguaios foram resgatados de uma situação de trabalho análogo à escravidão na manhã desta segunda-feira (4), em Cascavel, no Oeste do Paraná.

O local, que também era utilizado para o contrabando de pneus vindos do Paraguai, foi alvo da intervenção da Guarda Municipal após receber denúncia.

Segundo informações do agente João Padilha, ao chegarem ao local, os guardas flagraram indivíduos descarregando pneus contrabandeados. Durante a operação, foram encontrados três trabalhadores paraguaios vivendo em condições precárias no alojamento da borracharia. Desconhecendo os termos de sua remuneração, foram prontamente resgatados.

Além das atividades ilícitas, foram identificados diversos focos do mosquito-da-dengue nas instalações. O proprietário da borracharia, residente em Foz do Iguaçu, está sujeito a responder por crimes relacionados ao contrabando, exploração de trabalho escravo e infrações sanitárias devido à presença dos criadouros do mosquito.

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook