WhatsApp
Facebook
No Paraná, 57% adiam compras de Natal para a última semana

O número de paranaenses que deixarão as compras de presentes de Natal para a última hora deve aumentar, de acordo com uma sondagem da Fecomércio PR e do Sebrae/PR. Faltando exatamente duas semanas para o Natal, a pesquisa revela que 16,8% dos entrevistados planejam fazer as compras na véspera de Natal, em comparação com 9,5% em 2022. Aqueles que farão compras até sete dias antes representam 40,9%, em comparação com 50,7% no ano anterior. Em resumo, 57,7% dos consumidores deixarão para a última semana. Aqueles que planejam ir às lojas de oito a 15 dias antes somam 22,8%.

Os que preferem comprar os presentes com antecedência de 16 dias a um mês representam 10,8%, enquanto os que se programam há mais de um mês antes do Natal equivalem a 8,7%, uma queda de 22,5%.

No Paraná, 81,3% dos consumidores pretendem presentear parentes ou amigos neste Natal, segundo a sondagem da Fecomércio PR e do Sebrae/PR, um aumento em relação aos 78,8% registrados em 2022. Com um tíquete médio de R$ 337,96, os gastos dos paranaenses devem ser 4,8% maiores este ano, em comparação com a média de R$ 322,36 em 2022.

A maioria dos consumidores (33,8%) planeja gastar entre R$ 201,00 e R$ 500,00 na compra dos presentes; 27,1% pretendem gastar entre R$ 101,00 e R$ 200,00, e 22,1% planejam gastar apenas até R$ 100,00. Aqueles que planejam investir um pouco mais, entre R$ 501,00 e R$ 1.000,00, somam 11,7%, e 5,3% pretendem gastar mais de R$ 1.000,00 em presentes.

Desde o início do mês, o movimento nas ruas e no comércio da cidade já vem aumentando e deve ficar ainda mais agitado à medida que o Natal se aproxima. Nesta época do ano, é comum que o fluxo de veículos nas ruas aumente até 30%.

Albari Rosa / AEN

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook