WhatsApp
Facebook

O endividamento dos paranaenses teve uma pequena redução em setembro, conforme demonstram os dados apurados pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio PR).

Depois de atingir o pior índice em 11 anos, ao chegar a 95,8% em agosto, a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic) mostra que 95% das famílias do estado possuíam algum tipo de dívida em setembro.

As Dividas Se Concentram Principalmente No Cartao De Credito Com 845 1 Mesmo Com Redução Do Endividamento, Paranaenses São Os Mais Endividados Do País
As Dívidas Se Concentram Principalmente No Cartão De Crédito, Com 84,5%

As dívidas se concentram principalmente no cartão de crédito, com 84,5%. Outros motivos para endividamento são o financiamento de veículo (8,3%) e o financiamento imobiliário (6,3%).

O cenário nacional é de aumento do endividamento, que passou de 79% para 79,3%. O Paraná é o estado com maior percentual de endividados do país, seguido pelo Rio Grande do Sul (94,1%) e Rio de Janeiro (90,3%). Entretanto, os paranaenses não são os mais inadimplentes e ocupam a 16º posição nacional, com 26% dos endividados com contas em atraso. O estado com maior percentual de famílias inadimplentes é Minas Gerais, com 43,7%.

Já os paranaenses que reconhecem não ter condições de quitar seus débitos correspondem a 8,2%, com ligeiro aumento em relação ao agosto, quando 8% dos endividados não tinham condições de pagar as dívidas.

O endividamento reduziu sobretudo entre as famílias com renda até dez salários mínimos, ao passar de 96,4% em agosto para 95,6% em setembro. As condições de pagamento também melhoraram nesta faixa de renda: em agosto, 28,6% possuíam contas em atraso e em setembro foram 27,9%. A parcela dos que não terão condições de quitar suas dívidas ficou praticamente estável, com 9,3% ante 9,4% em agosto.

Pesquisa Mostra Que 95 Das Familias Do Estado Possuiam Algum Tipo De Divida Em Setembro Mesmo Com Redução Do Endividamento, Paranaenses São Os Mais Endividados Do País
Pesquisa Mostra Que 95% Das Famílias Do Estado Possuíam Algum Tipo De Dívida Em Setembro

Entre as famílias com renda acima de dez salários mínimos o endividamento caiu de 92,7% em agosto para 92,2% em setembro, porém com elevação no percentual de famílias com contas atrasadas, que aumentou de 16,4% para 17,4%, bem como as que não terão condições de pagar, que passaram de 3% para 4,2% na variação mensal.

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook