WhatsApp
Facebook
Mais De 1 Milhão De Paranaenses Convivem Com Sobrepeso Ou Obesidade

A obesidade, considerada uma comorbidade com potenciais impactos na saúde, afeta mais de 1,3 milhões de adultos e idosos no Paraná, segundo dados de 2023 do Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional – SISVAN. A Organização Mundial de Saúde (OMS) alerta para a tendência de aumento desses números globalmente.

De acordo com o relatório do SISVAN, cerca de 70% da população adulta no estado está com sobrepeso ou obesidade, e, no grupo dos idosos, mais de 55% apresentam essas comorbidades. Os problemas de saúde associados ao excesso de peso incluem pressão alta, intolerância ao açúcar (pré-diabetes), diabetes, apneia obstrutiva do sono, entre outras doenças crônicas, além de impactos na autoestima que podem levar a ansiedade e depressão.

Nos últimos 10 anos, o índice de obesidade aumentou significativamente. Em 2013, aproximadamente 21% da população adulta estava com algum grau de obesidade, enquanto em 2023 esse percentual subiu para 33%, segundo dados do SISVAN. Esse aumento resultou em uma elevação nas cirurgias bariátricas, que, de acordo com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM), registraram 62,2 mil procedimentos em 2022, dobrando os números de 2012.

Visando minimizar esses números e as consequências da obesidade, o Programa de Emagrecimento da Paraná Clínicas adota uma abordagem de medicina preventiva. Com uma metodologia baseada em pilares comportamentais e de qualidade de vida, o programa, que conta com 1.555 beneficiários, obteve resultados positivos em 2023, com uma redução média de 2,24 pontos absolutos do Índice de Massa Corporal (IMC) de janeiro a julho.

Além de proporcionar a perda de peso com acompanhamento multidisciplinar, o programa visa evitar complicações relacionadas ao excesso de peso e, quando necessário, encaminhar para cirurgia bariátrica com o cumprimento adequado dos protocolos.

O médico Eduardo Senter, coordenador médico da Paraná Clínicas e do Programa Priori, destaca o sucesso do programa ao contribuir para a redução do número de cirurgias bariátricas em comparação com outros grupos de saúde. Ele enfatiza a importância de abordagens preventivas para evitar procedimentos invasivos.

O programa contou com casos de sucesso, como o de Elias Dias Silva, que perdeu 50 quilos em um ano. Participantes relatam mudanças significativas não apenas em suas vidas, mas também no contexto familiar, incentivando hábitos alimentares saudáveis.

O coordenador do programa, Eduardo Senter, oferece dicas para um emagrecimento saudável, incluindo a prática de esportes, preferência por alimentos frescos, alimentação regular a cada 3 horas, consumo adequado de água e busca por ajuda médica especializada.

Para quem deseja participar do Programa de Emagrecimento da Paraná Clínicas, é possível entrar em contato pelo telefone (41)3340-3037, enviar um e-mail para priori@paranaclinicas.com.br ou procurar presencialmente uma das unidades do Programa Priori – Programas de Saúde.

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook