WhatsApp
Facebook
Itaipu abre processo seletivo para várias áreas de nível médio, técnico e superior

A Itaipu Binacional abriu um novo processo seletivo externo para admissão imediata e formação de cadastro de reserva. Há vagas para 31 cargos, de níveis médio, técnico e superior.

As inscrições poderão ser feitas de 23 de outubro a 13 de novembro. As provas acontecerão em 21 de janeiro, em Curitiba (PR) e Foz do Iguaçu (PR). Os salários iniciais vão de R$ 4.005,76 a R$ 10.302,00.

edital com informações detalhadas de todo o processo seletivo foi publicado na segunda-feira (16), nos sites da Itaipu Binacionale do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), entidade organizadora do certame. As inscrições serão feitas exclusivamente pelo site do Cebraspe.

A Itaipu oferece ampla política de benefícios, como auxílio-alimentação, plano de previdência privada, participação nos resultados, plano de saúde médico-hospitalar e odontológico extensivo aos dependentes e auxílio-educação para os dependentes até a conclusão do nível médio – entre outros.

A maior parte dos cargos é para lotação em Foz do Iguaçu, cidade-sede da Itaipu na margem brasileira, mas há também a possibilidade de atuação em Santa Helena (PR), Guaíra (PR) ou Brasília (DF). A lotação do candidato será informada quando de sua convocação para o suprimento de uma vaga, conforme a necessidade e conveniência da Itaipu.

“O processo seletivo é uma grande oportunidade para os profissionais ingressarem no quadro de funcionários da Itaipu, por meio de uma seleção democrática, inclusiva e transparente”, afirma o diretor-geral brasileiro da Itaipu, Enio Verri. “Além disso, estamos muito felizes em anunciar que podemos contar com a expertise do Cebraspe, que é uma instituição com experiência na realização de concursos públicos e que tem grande credibilidade no mercado”, ressalta.

Admissão na Itaipu

A Itaipu adota um sistema de processo seletivo semelhante ao de um concurso público. A diferença na terminologia se deve às características peculiares da natureza jurídica da empresa, que não é uma estatal, mas uma binacional regida por um tratado assinado pelos governos brasileiro e paraguaio. O tratado não estabelece critérios para a contratação de empregados, mas a Itaipu implantou o processo seletivo para democratizar o ingresso na organização. O último processo seletivo aconteceu em 2019.

Foto: Rubens Fraulini / Itaipu Binacional

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook