WhatsApp
Facebook
Governo Do Paraná Inaugura Semana Da Pátria

Na manhã de segunda-feira (4), o Governo do Paraná, em colaboração com o Exército Brasileiro, deu início às celebrações da Semana da Pátria em uma cerimônia realizada no Palácio Iguaçu.

O evento contou com a presença das forças de segurança e alunos de escolas estaduais e municipais de Curitiba. O destaque da cerimônia foi o acendimento da Pira com o Fogo Simbólico da Pátria, que viajará por todos os estados do Brasil.

“O Paraná sempre valorizou a história da independência do Brasil e sempre fortaleceu em seus cidadãos a bandeira do patriotismo. Continuaremos sempre crescendo em unidade, cumprindo nossos deveres cívico-militares e protegendo a nossa democracia”, afirmou governador Carlos Massa Ratinho Junior. “É uma alegria poder reunir todos esses alunos e as autoridades nesse início da Semana da Pátria, por meio do fogo simbólico, fortalecendo o laço da liberdade e do nosso compromisso com a bandeira, acima de tudo”.

A cerimônia, presidida pelo general de Divisão José Ricardo Vendramin Nunes, comandante da 5ª Divisão do Exército, incluiu o hastear das bandeiras do Brasil e do Paraná no Pavilhão de bandeiras, execução do Hino Nacional Brasileiro, apresentação da banda da Polícia Militar e a leitura da Carta aos Jovens, realizada pelo coronel Antônio Carlos Figueiredo, membro da Liga da Defesa Nacional.

Para o prefeito de Curitiba em exercício, Marcelo Fachinello, o evento marca o simbolismo do respeito à nação. “É uma grande hora abrir essa semana ao lado do governador Ratinho Junior. O mais importante é o simbolismo da nossa bandeira, dos nossos símbolos da pátria, que possamos respeitar o nosso País, exercer o nosso direito cívico e garantir a participação durante o grande dia do desfile da Independência aqui na Capital”, afirmou.

O coronel Nilson Luiz Salata, veterano da Polícia Militar do Paraná e membro da Liga da Defesa Nacional, acendeu a Pira, que permanecerá acesa até o dia 7 de setembro. “Esse fogo representa para toda a sociedade brasileira a fé, a garra, o patriotismo que deve permanecer durante todo o tempo, não somente na semana da Pátria, mas durante toda a nossa existência enquanto brasileiros”, afirmou

O desfile cívico-militar de 7 de Setembro na capital, que ocorrerá na Avenida Cândido de Abreu, no Centro Cívico, terá início às 9h e será promovido pela 5ª Divisão de Exército Brasileiro e pelo Governo do Paraná. A solenidade contará com a participação de quase 4 mil pessoas, entre civis e militares, a pé e em veículos, incluindo blindados como Guarani e Leopard. O desfile será encerrado com um grupo de cavalos composto por integrantes do Clube do Cavalo do Paraná, da Polícia Militar e do Colégio Militar de Curitiba.

Na próxima terça-feira, dia 5, a Banda da 5ª Divisão de Exército fará uma apresentação em frente ao relógio da Boca Maldita, localizado no Centro de Curitiba, às 17h30.

Desfile

O tradicional desfile cívico-militar em comemoração à Independência do Brasil terá início às 9h, na Avenida Cândido de Abreu, no Centro Cívico da capital. O evento será promovido pela 5ª Divisão de Exército Brasileiro em parceria com o Governo do Paraná. Cerca de 4.000 participantes, entre civis e militares, a pé e em veículos, incluindo blindados como o Guarani e o Leopard, participarão do desfile.

O evento começará com a 1ª Revista da Tropa, realizada pelo comandante da Artilharia Divisionária da 5ª Divisão de Exército, general de Brigada Ricardo Santos Taranto, às 8h. Em seguida, ocorrerá a 2ª Revista da Tropa, liderada pelo comandante da 5ª Divisão de Exército, general de Divisão José Ricardo Vendramin Nunes.

Às 9h, terá início o desfile de escolas civis e cívico-militares, seguido por diversas associações e agremiações. Às 10h, será a vez das escolas militares e grupamentos desfilarem, incluindo tropas da Marinha, Exército, Aeronáutica, Polícia Militar do Paraná, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Civil, Polícia Penal, Polícia Científica, Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal de Curitiba, além da participação de instituições governamentais não militares, como a Defesa Civil e a Setran.

O desfile será encerrado com a apresentação de um grupamento de cavalos, composto por membros do Clube do Cavalo do Paraná, da Polícia Militar e do Colégio Militar de Curitiba.

Foto: Gilson Abreu / AEN.

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook