WhatsApp
Facebook

O governo federal anunciou um aumento no limite de isenção do Imposto de Renda, beneficiando aqueles com remuneração mensal igual ou inferior a R$ 2.824,00.

Cerca de 15 milhões de brasileiros serão isentos, com a decisão em vigor a partir de fevereiro.

Desde 2015, o teto de isenção estava congelado em R$ 1.903,00, sendo elevado para R$ 2.640,00 no primeiro ano do governo Lula, em maio passado. O governo planeja aumentar a isenção para até R$ 5 mil.

Segundo o Ministério da Fazenda, a medida provisória altera a primeira faixa da tabela progressiva mensal do IR, elevando o limite de aplicação da alíquota zero em 6,97%, passando de R$ 2.112,00 para R$ 2.259,20.

Contribuintes com rendimentos mensais de até R$ 2.824,00 serão beneficiados pela isenção, considerando o desconto simplificado de R$ 564,80. Isso resulta em uma base de cálculo mensal de R$ 2.259,20, exatamente o limite máximo da faixa de alíquota zero da nova tabela.

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook
Imagem de destaque - Angeli