WhatsApp
Facebook

Na sexta-feira (16), o Núcleo Regional do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) em Londrina, Paraná, apresentou denúncia contra quatro policiais militares. Eles são acusados de abuso de autoridade, fraude processual, falsidade ideológica e denunciação caluniosa.

Segundo o Ministério Público do Paraná (MPPR), a denúncia está relacionada a um caso de homicídio qualificado, investigado pela Operação Mar Vermelho. Durante o ocorrido, os quatro policiais, sendo três praças e um oficial, teriam desligado as câmeras antes do crime, simulado um confronto e falsificado informações no boletim de ocorrência, acusando erroneamente uma pessoa inocente.

Além da condenação, o MPPR requisitou a perda dos cargos, patentes e funções públicas dos militares, bem como a declaração de sua indignidade, de acordo com o Código Penal Militar.

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook