WhatsApp
Facebook

O economista paranaense Enio Verri é o novo diretor-geral brasileiro de Itaipu. A nomeação consta em decreto publicado em sessão extra do Diário Oficial da União (DOU) da última sexta-feira (10), assinado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva e pelo ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira de Oliveira.

Enio Verri tem 61 anos e nasceu em Maringá, no Paraná. O novo diretor-geral brasileiro de Itaipu Binacional é mestre em economia e doutor em Integração da América Latina. Ao assumir a diretoria, ele se comprometeu com o apoio a projetos sociais do governo federal.

“A Itaipu vai continuar tendo olhar prioritário para o território no qual está inserida e para as comunidades do seu entorno. Vamos reconstruir a rede de parcerias, estreitar as relações com universidades e o setor produtivo, dialogando com as comunidades, municipalidades, cooperativas e organizações sociais. Vamos apostar na vocação do PPI de celeiro de boas práticas e inovações para apoiar o desenvolvimento local e regional.”

A cerimônia de posse contou com a presença do presidente Lula e do presidente do Paraguai Mário Benitez. Durante seu discurso, Lula lembrou que Itaipu pagou, em fevereiro, a última parcela da dívida da construção da usina. Isso significa que a empresa terá agora mais dinheiro em caixa.
O pagamento ocorre 50 anos após a assinatura do tratado com o Paraguai, que determina o aproveitamento hidrelétrico de cada país. Com a quitação, os países devem revisar termos do tratado que vai definir a forma de comercialização de energia produzida em Itaipu.

O presidente Lula afirmou que o tratado deve levar em consideração a realidade de cada país.
“Eu queria dizer que eu tenho certeza de que nós iremos fazer um tratado que leve muito em conta a realidade dos dois países e que leve muito em conta o respeito que o Brasil tem que ter com o seu aliado, o nosso querido Paraguai.”

Depois da cerimônia, o presidente Lula se reuniu com o presidente do Paraguai, Mário Benitez. Eles discutiram o acordo Mercosul e União Europeia, a construção de duas pontes entre o Brasil e o Paraguai e falaram também sobre o Corredor Bioceânico, uma autovia pra conectar por terra os oceanos Atlântico e Pacífico.

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook