WhatsApp
Facebook
Empresa parceira contrata jovem capacitado pela Prefeitura de Pinhais

No sábado passado (5), o Centro da Juventude de Pinhais (CJ) concluiu com êxito mais um programa de capacitação destinado aos jovens participantes. Nesta ocasião, 18 alunos e alunas adolescentes receberam certificados pela conclusão da oficina de Hardware, Suporte Técnico e Manutenção de Computadores. A formação, uma iniciativa da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) em colaboração com a empresa local Leme Inteligência Forense, englobou uma carga horária de mais de 40 horas. Ao longo do programa, os jovens tiveram a oportunidade de adquirir conhecimentos teóricos e práticos em tecnologia, diretamente aplicáveis ao mercado de trabalho.

O Programa Pré-Aprendizagem, concebido pelas equipes da prefeitura, possibilitou que os jovens se inscrevessem gratuitamente nas aulas ministradas por profissionais da Leme. Além do enriquecimento profissional proporcionado pelo curso, um dos maiores atrativos foi a seleção direta de um dos alunos pela empresa, anunciada ao término da cerimônia de certificação. Mauro Emmanuel Gonzalez Gutierrez, de 16 anos, foi o escolhido para a vaga, em meio a uma concorrência acirrada entre os colegas de curso, todos candidatos.

Gutierrez é participante ativo do CJ desde o início do ano, desempenhando também o papel de professor de língua espanhola no programa Agentes de Cidadania. Ao tomar conhecimento da oficina de tecnologia, ele não hesitou em se inscrever, visto que além da oportunidade, nutre um grande interesse pela área. “Fiquei muito feliz porque consegui uma vaga de trabalho em uma área que eu gosto muito, quero seguir na área e começar a trabalhar”, comentou.

Venezuelano, Gutierrez reside com sua família no bairro Maria Antonieta há três anos. Um motivo de orgulho para sua mãe, Marylin Del Valle Gutierrez Alfino, que destaca a dedicação do filho: “Ele já vinha se preparando, focando em tudo sobre tecnologia, programação, montagem, ele está sempre estudando e se capacitando. Aqui foi muito bom, porque é sabido o quão difícil é para um adolescente começar a se capacitar e conseguir um trabalho. Ele vem fazendo cursos que o governo concede, com certificados, foi preparando um currículo e chegou a oportunidade dele, então não foi de um dia para o outro.”

João Paulo Marques, sócio e representante da Leme, parabenizou todos os alunos que concluíram o curso, com destaque para Josimar Pereira dos Santos, ex-aluno do CJ e idealizador do projeto em parceria com a Leme, onde atualmente trabalha. “Vocês que chegaram aqui, mostraram um diferencial. Todos foram bem, foram preparados para a entrevista, acho que toda a preparação feita no CJ ajudou muito eles com isso”, destacou.

Uma figura importante também recebeu reconhecimento. Josimar Pereira dos Santos, que já foi um dos jovens participantes do CJ, atualmente trabalha na Leme e desenvolveu todas as aulas do curso. Marques destacou: “Muito feliz por ter passado para ele um pouquinho do que a gente sabe, lá em 2019, e ele veio trabalhar com a gente.”

As homenagens também fizeram parte dos discursos da secretária de Assistência Social, Rosangela Batista, e da prefeita Rosa Maria, que enfatizou a relevância de oportunidades como essa: “Não há sucesso na vida quando não temos suporte. Já está mais do que provado que não somos ilhas, não vivemos sozinhos e precisamos uns dos outros. Que maravilhoso termos um projeto dessa magnitude, desta qualidade, porque temos muita gente trabalhando por ele. Mas acima de tudo, porque tivemos famílias que acreditaram, e jovens que acreditaram em si mesmos, e no suporte do poder público para transformar suas vidas.”

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook