WhatsApp
Facebook
Dupla é presa em Colombo suspeita de fraudar concurso público para Polícia Civil, causando prejuízo de mais de R$ 140 mil

Duas pessoas foram presas em flagrante em Colombo, Região Metropolitana de Curitiba (RMC), suspeitas de forjar um concurso público com vagas para a Polícia Civil do Paraná (PC-PR). A prisão ocorreu na noite de sábado (29). De acordo com o delegado Igor Felipe de Aguiar Moura, os golpistas lucraram até R$ 140 mil com o esquema e, além disso, realizavam palestras preparatórias para os interessados.

A investigação revelou que os suspeitos alegavam que os candidatos poderiam escolher a delegacia em que desejariam trabalhar e a função que exerceriam. As atividades fraudulentas chamaram a atenção de uma das vítimas, que percebeu o golpe e denunciou o caso, dando início às investigações.

As palestras preparatórias aconteciam principalmente em um salão de uma igreja em Colombo, e para participar, solicitavam a doação de 1 kg de alimento. Não foram revelados detalhes sobre qual igreja era utilizada para as palestras, nem se a instituição tinha conhecimento das atividades criminosas.

A polícia, após constatar o esquema fraudulento em uma das reuniões, realizou a prisão em flagrante dos suspeitos. A mulher se apresentava como integrante da Polícia Civil e, em outros momentos, como perita do Instituto Médico-Legal (IML), conforme informou o delegado.

A PC-PR orienta que as vítimas dos suspeitos busquem a delegacia mais próxima para relatar o ocorrido. Denúncias anônimas podem ser feitas pelo número 197, ou diretamente pelo telefone fixo: (41) 3605-6551.

Foto: PC-PR

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook