WhatsApp
Facebook

Um grupo de crocheteiras composto por Nádia Bremm Pellin, Cleusa Ghisolf, Lucia Marques e Ieda Souza tem sido requisitado por renomadas marcas nacionais de moda. Estas artesãs formam parte da cooperativa Criarte, situada no Bosque Municipal de Pinhais.

Trabalhando de forma cooperativa e utilizando suas habilidades manuais, elas não apenas garantem sua renda, mas também veem suas criações desfilarem em passarelas em todo o Brasil, além de serem vendidas em sites internacionais especializados.

“Sou artesã, sim, com muito orgulho, e estou sempre fazendo cursos ou vendo vídeos de moda, inclusive o crochê é um nicho agregado em muitos desfiles, novelas e, portanto, um grande motivador de encomendas, tanto por pessoas físicas quanto grandes marcas. É desta maneira que conseguimos nos inserir fazendo lindos vestidos em crochê e conseguindo assim um bom retorno financeiro”, explica Nádia Bremm Pellin, uma das crocheteiras da Criarte.

A cooperativa oferece o curso “Crochê no Bosque”, com duas instrutoras que ensinam desde o básico até a criação de peças de vestuário. As aulas são agendadas diretamente com as instrutoras e os interessados podem entrar em contato através do Instagram da Criarte. Além do crochê, a cooperativa também oferece oficinas de dobradura, artesanato sustentável e brinquedos criativos.

A Criarte recebe apoio da Prefeitura de Pinhais, através das Secretarias de Desenvolvimento Econômico (Semde) e de Cultura, Esporte e Lazer (Semel). A cooperativa recebe capacitações, assistência na elaboração de projetos, espaço para oficinas, participação em feiras e eventos em outras cidades, além de outras parcerias.

“É um modelo de negócio feito por pessoas e para as pessoas, visa um empreender colaborativo, no qual os cooperados são os donos do negócio, com uma gestão totalmente democrática, com foco na economia, no crescimento coletivo e na geração de oportunidades”, afirma Ana Paula Zasatzki. “Como bons artesãos, todos fazem tudo! Peças variadas de costura criativa, crochê, artes em papel, encadernação sustentável, origami, bordados, upcycling, fio de malha, madeiras artesanais, bijuterias, almofadas, acessórios, MDF, flores, gesso, biscuit, personalizados, lembranças de Pinhais, entre outros”, completa.

Além disso, a Criarte oferece atividades como jogos de tabuleiro gratuitos, visitas guiadas de unidades de ensino, máquina de bolhas para crianças, pintura de rosto e tererê de cabelo. Fundada em 2014, a Criarte conta atualmente com 31 artesãos e está aberta todos os dias da semana, das 9h às 18h, no Bosque Municipal. Para aqueles que desejam se tornar cooperados, é necessário agendar um horário via Instagram ou visitar a loja pessoalmente para avaliação de suas peças e orientações. O endereço é Rua 24 de Maio, 805, no bairro Estância Pinhais.

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook