WhatsApp
Facebook
Consulta Ao 2º Lote De Restituição Do Irpf 2023 Abre Nesta Sexta-Feira (23) Com Inclusão De 326 Mil Contribuintes Do Paraná

A partir das 10h desta sexta-feira (23), os contribuintes podem consultar o 2º lote de restituição do Imposto de Renda 2023. Segundo a Receita Federal, no Paraná, 326 mil contribuintes estão incluídos nesse lote e devem receber um total de R$ 387 milhões.

Veja a distribuição dos pagamentos por região do estado:

  • Curitiba: 141.928 contribuintes têm um crédito total de R$ 187,6 milhões a receber.
  • Londrina: 44.407 contribuintes têm um crédito total de R$ 52,1 milhões a receber.
  • Cascavel: 55.671 contribuintes têm um crédito total de R$ 59,1 milhões a receber.
  • Maringá: 38.259 contribuintes têm um crédito total de R$ 38,2 milhões a receber.
  • Ponta Grossa: 45.875 contribuintes têm um crédito total de R$ 50,2 milhões a receber.

O pagamento do lote de restituição será efetuado no dia 30 de junho e inclui restituições residuais de anos anteriores.

De acordo com a Receita, todo o valor é destinado a contribuintes prioritários, como idosos, pessoas com deficiência física ou mental ou com doenças graves, pessoas cuja principal fonte de renda é o magistério, e contribuintes que não têm prioridade legal, mas que receberam prioridade por terem utilizado a Declaração Pré-preenchida ou optado por receber a restituição via PIX.

Para verificar se a restituição está disponível, o contribuinte deve acessar o site da Receita Federal, clicar em “Meu Imposto de Renda” e, em seguida, em “Consultar a Restituição”.

Caso seja identificada alguma pendência na declaração, o contribuinte poderá corrigir as informações fornecidas. A página da Receita fornece orientações e canais de atendimento para consulta da situação da declaração.

Além disso, a Receita disponibiliza um aplicativo para tablets e smartphones, que permite consultar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre a liberação das restituições do Imposto de Renda e a situação cadastral de um CPF.

O pagamento da restituição é feito na conta bancária informada durante a declaração do Imposto de Renda, seja por depósito direto ou por meio do PIX.

Caso ocorra algum problema no crédito (por exemplo, se a conta informada estiver desativada), a Receita informa que os valores ficarão disponíveis para resgate por até um ano no Banco do Brasil.

Nesse caso, o contribuinte pode reagendar o crédito dos valores pelo Portal BB ou entrando em contato com a Central de Relacionamento BB através dos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (outras localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).

Se o contribuinte não resgatar o valor da restituição dentro do prazo de um ano, ele deve fazer a solicitação no Portal e-CAC, disponível no site da Receita Federal. Para isso, basta acessar o menu “Declarações e Demonstrativos > Meu

 Foto: Marcos Serra / g1.

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook