WhatsApp
Facebook

A Escola Agrícola 4.0, projeto do Governo do Estado para modernizar o ensino técnico agrícola do Paraná, conta com novas parcerias para fortalecer as atividades do Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) Newton Freire Maia. O vice-governador Darci Piana participou da assinatura dos protocolos de cooperação da Secretaria de Estado da Educação e do Esporte para viabilizar os projetos, um com a Superintendência Geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti) e outro com o Consulado Geral de Israel em São Paulo e com a Câmara de Comércio Brasil-Israel.

Presente no plano de governo de Carlos Massa Ratinho Junior, a Granja Canguiri, ex-residência oficial dos governadores do Paraná, passou a abrigar o projeto da Escola Agrícola 4.0, um laboratório de inovações utilizado pelo CEEP Newton Freire Maia, para replicar nos outros 22 colégios agrícolas e florestais do Paraná.

O imóvel, localizado em Pinhais, passou por uma reforma e foi transformado em um Centro de Tecnologia (Cetec). No local, serão desenvolvidas atividades voltadas para as áreas de tecnologia e sustentabilidade, com aplicação na produção agropecuária, especialmente na agricultura familiar.

Por meio do consulado e da Câmara de Comércio Brasil-Israel, a unidade recebeu a doação de um biodigestor da marca HomeBiogas. O equipamento já está em uso pelos estudantes, que utilizam os dejetos dos animais criados no colégio agrícola para a geração de biogás. O combustível, por sua vez, abastece a agroindústria que também é tocada pelos alunos.

Participaram da solenidade o secretário estadual da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara; os presidentes da Invest Paraná, Eduardo Bekin; do IDR-Paraná, Natalino Avance; da Ceasa-PR, Eder Bublitz; e do Fundepar, Marcelo Pimentel; o diretor-geral da Secretaria de Estado da Comunicação Social e da Cultura, Diego Nogueira; a prefeita de Pinhais, Rosa Maria; e os alunos do CEEP Newton Freire Maia.

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook