WhatsApp
Facebook
Campina Rosa é lançado com várias ações voltadas à saúde da mulher

Com o objetivo de compartilhar informações e promover a conscientização sobre a saúde da mulher e à importância da prevenção do câncer de mama, na tarde de segunda-feira (9), a Secretaria de Saúde de Campina Grande do Sul, realizou no Teatro Municipal José Carlos Zanlorenzi, o lançamento da Campanha Campina Rosa.

Mais que um evento em alusão ao Outubro Rosa, mês no qual reforça a importância da prevenção do câncer de mama, a campanha traz uma programação repleta de ações que estão sendo realizadas nas Unidades Básicas de Saúde do município, que inclui a oferta de exames preventivos, como a mamografia e vacinação contra o HPV.

O secretário de Saúde Leandro Zanetti, disse que tais ações visam sensibilizar as mulheres para a detecção e o diagnóstico precoce do câncer de mama e colo do útero. “Neste mês intensificamos o atendimento nas Unidades de Saúde com horário de atendimento estendido. A orientação é para que as mulheres procurem a unidade mais próxima da sua residência e solicite o agendamento para realização dos exames. A prevenção ainda é o melhor remédio e com o diagnóstico precoce e o tratamento oportuno as chances de cura do câncer são muito grandes”, enfatizou o secretário.

Bihl Zanetti Exaltou O Trabalho Desenvolvido Pelos Profissionais Da Saude No Municipio Campina Rosa É Lançado Com Várias Ações Voltadas À Saúde Da Mulher
Bihl Zanetti exaltou o trabalho desenvolvido pelos profissionais da Saúde no município.

Em seu discurso o prefeito Bihl Zanetti exaltou o trabalho desenvolvido pelos profissionais da Saúde no município, que atendem em média 15 mil pessoas todos os meses. “É uma satisfação muito grande realizar a abertura desta Campanha. Campina Grande do Sul tem avançado em muitas áreas da Saúde e isso se deve graças ao trabalho de nossos servidores, que buscam prestar um atendimento digno e humano a cada cidadão dessa cidade. Vocês são parte dessas conquistas. Vamos em frente, trabalhando com dedicação em prol da Saúde do nosso município”, enfatizou.

O secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, também marcou presença no evento. Em sua fala, ele enfatizou a importância da prevenção e cuidado à saúde não somente em um mês específico, mas todos os dias. “Outubro Rosa não é somente para lembrar do câncer de mama, mas outros tipos de câncer que acomete mulheres todos os anos, a exemplo do câncer de colo do útero. Quando se trata de Saúde o cuidado deve ser diário e permanente”.

Presenças

Além das autoridades já mencionadas nessa matéria, estiveram presentes o diretor-geral da SESA, Sr. Cesar Neves; o ex-prefeito e fundador do Hospital Angelina Caron, Dr. Marco Caron; a vice-prefeita municipal, Belenice Koffke Buff Rotini; a ex-primeira-dama municipal, Janete Assunção; a juíza Dra. Camila de Brito Formolo; o vice-presidente da Câmara Municipal, vereador Felipe Veiga; o presidente do Conselho Municipal de Saúde, Valdivio Mendes de Oliveira; a participação das Embaixadoras do Bem; do Professor Dodô e da médica Dra. Valéria, além de outras autoridades locais.

Exames

A mamografia deve ser realizada a cada dois anos em mulheres de 50 a 69 anos. Fora da faixa etária e periodicidade, o exame é recomendado somente para mulheres com sinais ou sintomas de câncer de mama, como nódulo, retração do mamilo e outros; ou com histórico familiar em parente de primeiro grau, como mãe, irmã ou filha.

Em relação ao câncer de colo de útero, a recomendação é que o exame seja realizado em mulheres entre 25 a 64 anos. Os dois primeiros exames com intervalo de um ano e, se os resultados forem normais, os próximos podem ser realizados a cada três anos.

Durante todo ano a Sesa oferece por meio do Sistema Único de Saúde (SUS) cerca de 450 mil exames de mamografia e mais de 1.200.000 exames citopatológicos e histopatológicos de mama e colo do útero.

Dados preliminares do Sistema de Informações do Câncer (Siscan), mostram que de janeiro a julho de 2023 foram realizados no Paraná 191.029 exames de mamografia. Já com relação ao citopatológico para detecção do câncer de colo do útero, dados parciais do Sistema de Informação Ambulatorial (SIA) apontam que foram realizados 354.767 exames.

Sobre o câncer de mama

O câncer de mama é o tipo que mais acomete mulheres em todo o mundo, tanto em países em desenvolvimento quanto em desenvolvidos. As maiores taxas de incidência e de mortalidade estão nas Regiões Sul e Sudeste do País.

Por isso, no início da década de 1990, foi criado o movimento internacional de conscientização para a detecção precoce do câncer de mama, “Outubro Rosa”. O símbolo da prevenção à doença, o laço cor-de-rosa, foi lançado pela Fundação Susan G. Komen For The Cure e distribuído aos participantes da primeira corrida pela cura, realizada em Nova York (EUA). Desde então, a ação é promovida anualmente no Brasil.

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook