WhatsApp
Facebook
Campina implanta Patrulha Maria da Penha e 'Botão de Pânico 'para proteção às mulheres vítimas de violência doméstica

Com o objetivo de acompanhar mulheres vítimas de violência doméstica que receberam da Justiça medidas protetivas de urgência, bem como prevenir e combater todo e qualquer tipo de violência familiar contra às mulheres, Campina Grande do Sul passou a contar com a Patrulha Maria da Penha, uma iniciativa integrada dos órgãos públicos municipais e estaduais que irá garantir maior segurança e atendimento qualificado às ocorrências dessa natureza.

Na tarde de quinta-feira (3) o prefeito Bihl Zanetti, o secretário municipal de Segurança e Ordem Pública, Jefferson Cordeiro, e demais autoridades, fizeram o lançamento do programa no Fórum da cidade, no qual teve a condução da solenidade feita pela juíza Dra. Paula Priscila Candeo. A reunião contou ainda com a presença de representantes da Polícia Civil, da Polícia Militar, da Guarda Civil Municipal, dos Poderes Executivo e Legislativo e do Ministério Público.

O programa estará sob responsabilidade da Secretaria Municipal de Ordem Pública e Segurança e será executado pela Guarda Civil Municipal (GCM). A corporação também terá disponível uma viatura com identidade visual própria da Patrulha Maria da Penha para atuar nas ações envolvendo violência doméstica. Agentes da GCM também receberam treinamento para atender, quando solicitado, as mulheres vítimas de agressão.

O Lancamento Do Programa Foi No Forum Da Cidade No Qual Teve A Conducao Da Feita Pela Juiza Dra. Paula Priscila Candeo Campina Implanta Patrulha Maria Da Penha E 'Botão De Pânico 'Para Proteção Às Mulheres Vítimas De Violência Doméstica
Diego Tiller / PMCGS

O prefeito Bihl Zanetti destacou a importância da união de forças para o sucesso da Patrulha Maria da Penha. “A integração do Poder Público Municipal com Poder Judiciário, Ministério Público, Polícia Civil e Polícia Militar são fundamentais para o combate ao crime. Tenho a certeza que vai surtir efeito para a população. Iremos continuar investindo em segurança pública, vejo isto como um dever da gestão pública. Capacitamos agentes para o atendimento específico e especial que é a Patrulha Maria da Penha”, disse.

O secretário Jefferson Cordeiro ressaltou que a Patrulha Maria da Penha era um projeto do plano de governo do prefeito Bihl, ainda em 2017, e que agora foi concretizado após finalização do concurso público “Realizamos um sonho do município de Campina Grande do Sul, dando um passo para a segurança e proteção da mulher vítimas de violência doméstica”, afirmou.

Municipio Tera Disponivel Uma Viatura Com Identidade Visual Propria Da Patrulha Maria Da Penha Campina Implanta Patrulha Maria Da Penha E 'Botão De Pânico 'Para Proteção Às Mulheres Vítimas De Violência Doméstica
Diego Tiller / PMCGS

Presenças

O lançamento contou com a presença do prefeito Bihl Zanetti; da vice-prefeita Belenice Rotini; do secretário de Ordem Pública e Segurança, Jefferson Cordeiro; autoridades do Poder Judiciário e do Ministério Público, das MM. juízas Dra. Paula Priscila Candeo; Dra. Camila Britto Formolo e Dra. Elisa Matiotti Polli, e os promotores Dr. Octacílio Sacerdote Filho, Dr. Fellipe José Gehr e Dr. Diogo de Assis Russo; do novo delegado da Polícia Civil do município, Dr. Gustavo de Pinho Alves; do tenente-coronel Zwir, do 29º batalhão, representando a Polícia Militar; do comandante da GCM, Marcelo Souza; da primeira-dama Fabiana Zanetti e da representante da secretaria de Ação Social, Letícia Silveira. Também estiveram presentes o delegado-chefe Esteves, da Delegacia Metropolitana da Polícia Rodoviária Federal (PRF), agentes da GCM, secretários municipais, vereadores, representantes do conselho da comunidade e integrantes da rede de proteção.

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook