WhatsApp
Facebook

Na terça-feira (21), após o feriado de Carnaval, teve início uma campanha de mobilização contra a dengue nas escolas da rede pública, liderada pelos ministérios da Saúde e da Educação.

A proposta visa ampliar a conscientização sobre o aumento dos casos de dengue no país e intensificar o combate ao mosquito Aedes aegypti. Essa iniciativa faz parte do Programa Saúde na Escola, que foi reestruturado no ano anterior.

Durante 20 semanas, as atividades serão realizadas nas escolas, com o objetivo de orientar cerca de 25 milhões de estudantes em mais de 102 mil instituições públicas de ensino sobre a prevenção de arboviroses.

As atividades incluem gincanas, teatros educativos, oficinas criativas, palestras, murais de prevenção e concursos para engajar crianças, adolescentes e jovens no combate à dengue. O programa também disponibilizará guias educativos, podcasts, vídeos e transmissões ao vivo com especialistas.

Durante o lançamento da campanha em uma escola na região administrativa de Ceilândia, a 35 quilômetros do centro de Brasília, o ministro da Educação, Camilo Santana, ressaltou a importância das ações começarem nas escolas e destacou a força de mobilização da comunidade escolar.

Já a ministra da Saúde, Nísia Trindade, destacou a gravidade do problema da dengue, uma questão histórica no Brasil e em toda a América Latina. Ela ressaltou a importância da mobilização nacional para enfrentar esse desafio e destacou o papel dos agentes de saúde no combate à doença.

Dados do 3º Levantamento Rápido de Índice de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa) e do Levantamento de Índice Amostral (LIA) mostram que 75% dos criadouros do mosquito estão nos domicílios.

Além disso, a ministra Nísia informou sobre a vacinação contra a dengue, destacando que crianças de 10 e 11 anos já podem ser imunizadas em algumas localidades do país. Ao todo, 521 municípios foram selecionados para receber as doses e distribuí-las entre crianças e adolescentes ao longo de 2024.

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook