WhatsApp
Facebook

O Brasil garantiu mais duas vagas no remo, no Rio de Janeiro, e outra na esgrima, nos Estados Unidos, durante o final de semana, somando um total de 169 postos assegurados para os Jogos Olímpicos de Paris 2024. O evento na França está marcado para ocorrer de 26 de julho a 11 de agosto.

Beatriz Tavares e Lucas Verthein foram os vencedores do single skiff no Pré-Olímpico de remo, realizado na Lagoa Rodrigo de Freitas no sábado. Já Guilherme Toldo garantiu sua quarta participação olímpica no Grand Prix de Washington, último torneio que contou pontos para o ranking olímpico no florete masculino, realizado no domingo.

As vagas conquistadas pelos atletas brasileiros estão distribuídas em 31 modalidades, sendo 103 femininas, 51 masculinas e mais 15 sem gênero definido (como hipismo e revezamentos de natação). Esta poderá ser a primeira vez na história em que as mulheres representarão a maioria da delegação do país em Jogos Olímpicos. Em alguns esportes coletivos, como futebol e handebol, o Brasil obteve vaga apenas para o torneio feminino, ficando de fora do masculino.

Os Jogos de Paris serão os primeiros da história a alcançar a paridade de gênero nas competições, com o mesmo número de atletas femininas e masculinos. “O progresso é positivo”, afirmou a campeã mundial de esgrima Ysaora Thibus, que também é ativista em questões de igualdade de gênero no esporte.

As mulheres competiram pela primeira vez nas Olimpíadas em Paris, no ano de 1900, quatro anos após os primeiros Jogos da era moderna, realizados em Atenas. Em Paris 2024, estão previstos 10.500 atletas competindo por medalhas, sendo 5.250 mulheres e 5.250 homens.

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook