WhatsApp
Facebook

Na noite dessa segunda-feira (7) policiais militares do 29º BPM evitaram uma tentativa de infantícidio praticado por uma jovem, de 23 anos, que atentou contra a vida da própria filha no sétimo mês de gravidez. O caso ocorreu em um apartamento na rua Lucídio Florêncio Ribeiro, no Jardim Paulista em Campina Grande do Sul.

A Polícia Militar descobriu o caso depois de uma denúncia via 190 e conseguiu resgatar a prematura e encaminhá-la até os cuidados médicos. Segundo as informações repassadas à PM, a jovem teria mandado mensagem para uma amiga afirmando que já vinha tomando medicações contraceptivas para induzir um parto prematuro e que tentava tirar a vida da bebê antes dela nascer.

Ao chegarem no endereço, a equipe policial se deparou com a jovem já com a recém-nascida enrolada em um cobertor. Segundo a PM, a bebê estava com a cabeça toda encoberta pela manta e tinha parte do rosto ainda com placenta. Conforme o boletim de ocorrência, a bebê apresentava sintomas cianóticos – coloração azulada na pele, nos lábios e unhas causada por uma escassez de oxigênio no sangue. Imediatamente, os policiais desenrolaram a criança e retiraram o tecido embrionário que cobria suas vias respiratórias.

Ainda segundo o relatório policial, após dar à luz a mulher também se negava a acionar uma ambulância até sua residência.

A criança foi levada pela viatura em primeiro momento ao Corpo de Bombeiros e, posteriormente, ao Hospital Angelina Caron em Campina Grande do Sul. A bebê deu entrada na unidade hospitalar com suspeita de fratura em crânio. Segundo os médicos que avaliaram seu quadro de saúde, a criança teria sofrido duas paradas cardiorespiratórias e devido à gravidade do caso foi levada à Unidade de Terapia Intensiva (UTI), onde permanece internada até o momento.

A mulher também foi encaminhada ao hospital para avaliação médica, mas antes disso segundo a PM, ela tentou fugir enquanto os policiais realizavam o socorro da criança. A jovem foi detida e permaneceu sob escolta policial até receber alta hospitalar e ser levada à delegacia do município. Na DP, a mulher foi autuada em flagrante por tentativa de infanticídio e encontra-se presa à disposição da Justiça.

Imagem ilustrativa / Crédito: Flavia Gava (Unsplash)

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook