WhatsApp
Facebook
Base da PRF em Colombo em breve terá heliporto de resgates aeromédicos

A base da Polícia Rodoviária Federal (PRF), localizada no km 12,5 da BR116, em Colombo, em breve terá um heliporto para agilizar resgates aeromédicos em Curitiba, na Região Metropolitana e no Litoral. A estrutura tem previsão de ser construída entre um a dois anos e irá agilizar o atendimento na Saúde através de um helicóptero adquirido recentemente pelo Ministério da Justiça no valor de R$ 30 milhões.

Antes mesmo da instalação no município, o serviço de resgate aeromédico entrará em funcionamento já no próximo dia 1º de agosto. Até a construção definitiva do novo heliporto em solo colombense, a aeronave permanecerá baseada inicialmente no Segundo Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (Cindacta II), no bairro Bacacheri, em Curitiba, em um espaço cedido pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT).

Uma reunião realizada na terça-feira (25), na sede da PRF em Curitiba, definiu como o serviço vai funcionar. O encontro contou com a participação do governador em exercício Darci Piana, a ministra da Saúde, Nísia Trindade, e o superintendente da PRF, Fernando César Oliveira.

A ação contará com a participação de equipes de saúde e insumos do Governo do Estado e de prefeituras da região, com médicos e enfermeiros que já estão habituados a esse tipo de trabalho nos helicópteros do BPMOA, e passam por treinamento para atuarem dentro das condições da nova aeronave da PRF. A Polícia Rodoviária Federal vai ceder a tripulação – composta por pilotos, copilotos e operadores táticos –, combustível e manutenção do helicóptero.

Reunião com ASSOMEC

Na semana passada, representantes da PRF no estado, incluindo o superintendente Fernando César Oliveira, estiveram reunidos com o presidente da ASSOMEC (Associação de Municípios da Região Metropolitana de Curitiba), o prefeito Bihl Zanetti, para que a entidade possa articular junto à Prefeitura de Colombo a implantação do novo heliporto no município.

Na Ultima Semana Representantes Da Prf No Estado Se Reuniram Reunidos Com O Presidente Da Assomec Bihl Zanetti 1 Base Da Prf Em Colombo Em Breve Terá Heliporto De Resgates Aeromédicos
Na última semana representantes da PRF no estado se reuniram reunidos com o presidente da ASSOMEC, Bihl Zanetti. Foto: Diego Tiller / PMCGS

Retomada no atendimento

Entre os anos de 2006 e 2016, a PRF fez cerca de 3,2 mil resgates de vítimas no Paraná. Desde então, o serviço havia sido suspenso. Com a nova aeronave, a corporação retoma o atendimento, fortalecendo o apoio ao Sistema único de Saúde (SUS).

Última geração

O helicóptero é do modelo Koala AW119, de fabricação italiana, e visa reforçar também as ações humanitárias, de fiscalização de trânsito e combate à criminalidade. Ele comporta até oito pessoas, sendo três tripulantes (piloto, copiloto e operador) e mais cinco passageiros, o que garante uma alta capacidade de atendimento em casos de acidentes envolvendo mais vítimas.

Além dos equipamentos padrão com tecnologia moderna, a aeronave conta com uma câmera térmica avaliada em aproximadamente US$ 1 milhão. Ela aumenta expressivamente a chance de localização de pessoas desaparecidas em locais de difícil acesso, como montanhas e áreas com densa vegetação.

O helicóptero também possui um farol para buscas noturnas, guincho com capacidade para içamento de cargas de até 200 quilos e reservatório de água para combate a incêndios. Extremamente adaptável, ele pode ser ajustado rapidamente para o suporte médico, de modo que as vítimas tenham a acomodação e o atendimento adequados pela equipe responsável até o transporte para a estrutura de saúde mais próxima.

O Helicoptero E Do Modelo Koala Aw119 De Fabricacao Italiana Base Da Prf Em Colombo Em Breve Terá Heliporto De Resgates Aeromédicos
O helicóptero, modelo Koala AW119, será usada pela PRF nas ações de resgate. Foto: Divulgação PRF.
WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook