WhatsApp
Facebook
Avião com umuaramenses desaparece a caminho do litoral do Paraná

Um avião de pequeno porte com três moradores de Umuarama está desaparecido desde a manhã desta segunda-feira (03). A aeronave decolou de Umuarama às 7 horas com destino ao litoral paranaense e realizou uma parada no aeroporto de Ponta Grossa, onde ocorreu o último contato. A previsão era que chegassem ao destino por volta das 9h30.

No avião estavam o piloto Jonas Borges Julião, o empresário Heitor Guilherme Genowei Júnior, conhecido como Juninho do Posto, do ramo de combustíveis, e Felipe Furquim, ex-chefe do escritório do Instituto Agua e Terra (IAT) em Umuarama, atualmente atuando como assessor da Casa Civil do Paraná.

As buscas pelo avião já foram iniciadas pela Força Aérea Brasileira e pelo governo do Estado, que disponibilizou dois helicópteros para auxiliar nas operações.

Em breve serão divulgadas mais informações sobre o caso.

Confira a nota oficial do governo:

O Governo do Estado confirma que dois servidores estavam em um avião que saiu de Umuarama na manhã desta segunda-feira (03) e não chegou a Paranaguá. Assim que o Estado soube que o avião saiu da rota e não chegou ao seu destino foram realizadas buscas, em apoio ao Cindacta, com os helicópteros Falcão 12 (BPMOA) e Resgate 04 (Casa Militar), mas nada foi localizado.

O Cindacta já mandou um avião especializado em buscas de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, para essa área. O Governo do Paraná também deixou à disposição helicópteros da Casa Militar, do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas e do Corpo de Bombeiros para continuar as buscar nesta terça-feira (4). O Corpo de Bombeiros do Litoral também já iniciou um trabalho por terra na Serra do Mar.

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook
Imagem de destaque - Angeli