WhatsApp
Facebook

Autoridades das cidades da região lamentaram a morte do ex-jogador de futebol Pelé, ocorrida na última quinta-feira (29). Considerado o maior jogador de futebol de todos os tempos, Pelé estava internado no hospital Albert Einstein, em São Paulo, e enfrentava um câncer no cólon, desde 29 de novembro.

O ex-jogador, natural de Três Corações, em Minas Gerais, morreu aos 82 anos. No campo político Pelé ficou marcado na história do Brasil como o primeiro ministro do Esporte. A área, antes vinculada ao Ministério da Educação, ganhou “independência” em 1995. Foi ministro Extraordinário do Esporte por quatro anos, entre 1995 e 1999 – ao longo de todo primeiro mandato presidencial de Fernando Henrique Cardoso.

Entre as autoridades que lamentaram a morte está o prefeito de Campina Grande do Sul, Bihl Zanetti. O chefe do executivo municipal escreveu em suas redes sociais a seguinte mensagem: “Rei! Você deixou um legado! Apesar de muitos, como eu, não terem te visto jogar. Carregamos o orgulho de termos o melhor jogador de todos os tempos vestindo a camisa da nossa seleção. Desejo que descanse em Paz e agradeço eternamente por ter representado o nosso país pelo o mundo a fora até os dias de hoje e sempre!”, escreveu Bihl, que publicou também uma foto com o ex-jogador, que segundo ele, o conheceu pessoalmente durante um evento esportivo voltado às crianças carentes.


O prefeito de Quatro Barras, Loreno Tolardo, também se manifestou a respeito da morte do ex-jogador pelas suas redes sociais. “Ele parou uma guerra, arrastou multidões, levou alegria a milhões. O brasileiro mais conhecido em todo o mundo. Um gênio a frente do seu tempo. Morre o homem. Eterniza-se a lenda. O maior futebolista, um atleta exemplar. Brilhou nos campos, nos estádios, nas telas de cinema”, iniciou.

Tolardo Pele ≪Strong≫Autoridades Locais Lamentam A Morte De Pelé≪/Strong≫
Mensagem manifestada por Loreno Tolardo em sua página no Facebook. Foto: Reprodução

Tolardo fez ainda uma reflexão sobre a partida do ídolo. “Refletindo sobre a partida de Pelé, nos damos conta de que nossos ídolos começam a nos deixar. A história vai seguindo seu curso transformando o ontem em memórias, o presente em fatos e o futuro em uma incógnita. Fica a pergunta: teremos um dia alguém que o supere ou que seja tão admirado quanto ele? Não importa. Pelé é único. Escreveu no livro da vida o seu nome. Não tem como negar. Obrigado, Edson Arantes do Nascimento. Quem é Rei nunca perde a majestade”, conclui.

Pelé será sepultado nesta terça-feira (3) no cemitério vertical Memorial Necrópole Ecumênica, em Santos (SP), considerado o mais alto do mundo e com vista para o estádio da Vila Belmiro.

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook