WhatsApp
Facebook

Além de importante no calendário cristão, a Páscoa é também uma data que se torna lucrativa para muitas famílias e serve como um impulso para o desenvolvimento de um novo negócio ou até mesmo reforçar o já existente. Muitas empreendedoras da região aproveitam a época para ter uma renda a mais no orçamento, expandindo a gama de produtos e aproveitando da temática para criar objetos decorativos.

Todos os anos em frente à fábrica da Barion, em Colombo, as artesãs Sandra Mara Shinda Repinoski, 54 anos, e Sirlei Milani Rosenente, 55, aproveitam a grande movimentação de pessoas que vão à fábrica comprar chocolates para comercializar itens feitos com muita criatividade. São pelúcias, cestas e lembrancinhas diversas feitas em papel e EVA – todas alusivas à data – com preços populares que variam de R$ 1,00 a R$ 35,00.

Artesas Da Regiao Aproveitam A Pascoa Para Lucrar Artesãs Montam Feirinha De Páscoa Em Frente À Fábrica Da Barion
Sandra comercializa pelúcias, cestas e lembrancinhas diversas feitas em papel e EVA. Foto: Adilson Santos / Jornal União

Sandra e Sirlei montaram barracas ao lado do estacionamento da empresa e chegam cedo aos seus postos de trabalho, assim que a loja da fábrica abre os portões para o público. “Ficamos até o entardecer, tem sido assim nas últimas duas semanas”, conta Sandra, que revela também que a empresa não cobra aluguel do espaço utilizado. A pequena feirinha ocorre todos os dias, de domingo a domingo.

Moradora do bairro Menino Deus, em Quatro Barras, Sandra revela como era sua vida antes de empreender com a fabricação e venda de pelúcias. “Trabalhava com costura industrial em uma empresa de estofados para carros. Sempre gostei de comprar aquelas revistas sobre costura, até que em uma das edições me deparei com o passo a passo da fabricação de pelúcias. Achei interessante, fui fazendo até que comecei a vendê-las, desde então não parei mais”.

Produtos Contam Com Precos Populares Que Variam De R 100 A R 3500 1 Artesãs Montam Feirinha De Páscoa Em Frente À Fábrica Da Barion
Produtos contam com preços populares que variam de R$ 1,00 a R$ 35,00. Foto: Adilson Santos / Jornal União

A produção dos itens comercializados por elas inicia meses antes e normalmente antecede as datas comemorativas. Só na barraquinha da Sirlei, por exemplo, ela deixou pronto cerca de 3 mil cestinhas em EVA. “Assim que passou o Natal já comecei a fazer as lembrancinhas para a Páscoa”, diz ela, já pensando nos itens que serão feitos para a próxima data especial: o Dia das Mães.

Um fato interessante é que recentemente a fábrica de chocolates Barion expandiu seus negócios para à capital, com a inauguração de uma segunda loja de venda direta de mercadoria. Por conta disso, as duas artesãs revelam que houve uma leve queda no movimento de clientes na fábrica, mas mesmo assim a clientela ainda se mantém cativa aos produtos artesanais produzidos por elas. “Muita gente passou a comprar na loja de Curitiba, mas há clientes de lá que vêm atrás das cestinhas porque na outra loja não encontram”, concluem.

Whatsapp Image 2023 04 06 At 17.44.13 Artesãs Montam Feirinha De Páscoa Em Frente À Fábrica Da Barion
Só na barraquinha da Sirlei, por exemplo, ela deixou pronto cerca de 3 mil cestinhas em EVA. Foto: Adilson Santos / Jornal União
WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook