WhatsApp
Facebook
ANTT impõe exigências para aprimorar iluminação e sinalização de ferrovias em cidades do norte paranaense

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) determinou uma série de medidas em 55 ferrovias que cortam a área urbana de sete cidades no norte do Paraná. O relatório, referente a outubro, mostra que as ações envolvem a substituição de sinalizações, poda de árvores e melhoria da iluminação em Cambé, Apucarana, Arapongas, Jandaia do Sul, Sarandi, Mandaguari e Maringá.

As orientações, provenientes de vistorias, visam a correção de problemas ainda não solucionados pela concessionária do trecho, a Rumo Malha Sul, em parceria com as prefeituras. Em fevereiro, a ANTT já havia fiscalizado as linhas férreas nessas localidades.

O relatório identificou questões pendentes, tais como:

  • Em Cambé, é necessário melhorar a iluminação noturna, fazer a poda de árvores e implantar sinalização ferroviária vertical na Rua Carlos Sawade.
  • Em Arapongas, substituir sinalização ferroviária vertical, fazer manutenção de trilhos soltos, recompor calçadas e repintar sinalização rodoviária horizontal.
  • Apucarana precisa de implantação de sinalização, melhoria na drenagem rodoviária e poda de árvores.
  • Jandaia do Sul requer substituição e repintura de sinalização, regularização do pavimento asfáltico.
  • Mandaguari precisa da implantação de sinalização horizontal, melhoria na iluminação noturna e poda de árvores.
  • Em Sarandi, é necessário regularizar o pavimento asfáltico, melhorar a drenagem rodoviária e a iluminação noturna.
  • Maringá precisa aprimorar a sinalização ferroviária vertical no trecho próximo ao Posto Rob.

A ANTT destacou que, em relação à fiscalização anterior de fevereiro, a concessionária realizou o corte de vegetação ao longo de todas as ferrovias, mas apenas parcialmente atendeu às determinações.

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook