WhatsApp
Facebook

O Governo do Estado, através da Secretaria da Saúde, concedeu nesta sexta-feira (22) a autorização para o início da construção do Pronto Atendimento Municipal (PAM) de Alto Paraná, localizado na região Noroeste do Estado.

Esta é a primeira obra desse tipo na história do município e recebeu um investimento de R$ 3,5 milhões do governo estadual, além de uma contrapartida de R$ 1,3 milhão da prefeitura.

O novo PAM de Alto Paraná, com uma estrutura de 812 metros quadrados, oferecerá serviços de consultas, triagem, exames, suturas, atendimento de emergência, aplicação de medicamentos e apoio diagnóstico para pacientes, fortalecendo a rede de urgência e emergência da região. Com capacidade para até 2.100 atendimentos ao mês, em procedimentos de baixa e média complexidade, o prédio está localizado em uma área central do município.

“É um marco para nossa cidade. Sempre encontramos as portas do Governo abertas para Alto Paraná, e é graças a essa relação que conseguimos melhorar nosso município e a vida de todos os moradores. Agradecemos muito por esse dia histórico”, afirmou o prefeito Claudemir Palito.

O secretário Beto Preto, que assinou a autorização, destacou a importância do novo PAM: “É um prédio moderno que será uma referência por pelo menos 30 anos, transformando a rede de urgência e emergência na região”.

Atualmente, o Estado conta com 39 unidades de Pronto Atendimentos em execução, distribuídas em todas as regiões. As unidades mais avançadas estão em Curiúva (53,3%), Pontal do Paraná (49,5%) e Reserva (43,1%), como parte do processo de regionalização dos atendimentos iniciado pelo Governo do Estado em 2019.

O evento de autorização contou com a presença do superintendente de Apoio aos Municípios da Casa Civil, Junior Weiller, dos deputados estaduais Anibelli Neto e Do Carmo, além de prefeitos, vereadores e lideranças locais.

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook