WhatsApp
Facebook
Agências do Trabalhador registram recorde de contratações no Paraná em agosto

Em agosto, as Agências do Trabalhador e postos avançados de atendimento intermediaram um total de 14.705 contratos de trabalho no Paraná.

Este é o melhor resultado já registrado para o mês no estado e representa um crescimento de 15,8% em relação ao mesmo período do ano anterior, quando foram registradas 12699 contratações. O Paraná foi responsável por 32,74% de todas as 44.917 contratações de trabalho feitas pelo Sine em todo o país durante agosto, superando São Paulo, que registrou 6.474 colocações, e o Ceará, com 6.101 contratos fechados.

Na região Sul, o Paraná empregou 81,26% das 18.096 pessoas contratadas em agosto para vagas formais de trabalho. O Rio Grande do Sul registrou 2.586 intermediações neste período e Santa Catarina, 805.

As principais cidades que intermediaram contratações via Sine foram Curitiba (1.500), Toledo (677), Cianorte (499), Cascavel (490), Campo Largo (424), Pato Branco (411), São José dos Pinhais (401), Francisco Beltrão (232), Assis Chateaubriand (280), Apucarana (237), Marechal Cândido Rondon (237), Guarapuava (235), Dois Vizinhos (223) e Umuarama (208). Mesmo cidades menos populosas registraram bons indicadores, como Carambeí (86), Altônia (87), Chopinzinho (97), Imbituva (105) e Lapa (129).

No acumulado do ano, a rede Sine estadual colocou 96.500 pessoas em vagas de emprego, superando significativamente São Paulo, que registrou 43.646 colocações. O Ceará ficou em terceiro lugar, com 34.381. Em relação ao mesmo período de 2022, quando foram intermediados 83.318 empregos, o avanço foi de 15,82%.

Entre os estados da região Sul, o Paraná concentrou mais de 79% de todas as contratações via Sine de janeiro a agosto. O Rio Grande do Sul contabilizou 43.646 intermediações no mesmo período, enquanto Santa Catarina colocou 34.381 trabalhadores em empregos formais através das Agências do Trabalhador e postos de atendimento.

Para o secretário de Estado do Trabalho, Qualificação e Renda, Mauro Moraes, o desempenho do Estado em colocar pessoas no mercado de trabalho através da Rede Sine atende a uma meta estabelecida pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior de manter o Paraná como grande celeiro de empregos.

“Estamos perto de chegar a 100 mil empregos formais preenchidos através da intermediação de mão de obra feita pelas Agências do Trabalhador e postos avançados de atendimento. Tendo como base o resultado obtido até agosto, certamente fecharemos o ano com mais de 150 pessoas trabalhando com carteira assinada no Estado via SINE, disparadamente o melhor resultado do sistema em todo o País”, comentou.

Foto: AEN

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook